BRF, Nestlé, Unilever, Burger King e McDonald’s estão de olho no mercado vegano.

Assunto vira capa da IstoÉ. Entenda por que devemos apoiar.

_

Quando nos tornamos veganos e, inevitavelmente, passamos a viver dentro de uma pequena bolha do Movimento de Direitos dos Animais, em geral acabamos exaltando nossos princípios morais e nos afastando de estratégias pragmáticas que, muitas vezes, podem ferir os princípios e valores que desejaríamos que a sociedade tivesse em um mundo ideal.

Isso não ocorre por acaso. Quando tomamos conhecimento de toda a brutalidade e covardia que a indústria alimentícia impõe a bilhões de animais indefesos todos os anos, acabamos, muitas vezes, tornando-nos irredutíveis e intolerantes ao jamais aceitar qualquer coisa que seja diferente da libertação animal imediata.

Leia mais: BRF, Nestlé, Unilever, Burger King e McDonald’s estão de olho no mercado vegano.

O ativismo é de mercado, também