Bem-Vindo, Visitante
Nome de usuário: Senha: Lembrar-me
  • Página:
  • 1

TÓPICO:

Questão da população amazônica 13 anos 6 meses atrás #891

Francisco José Alves escreveu:
> Bom dia Sérgio.
> Li teu artigo na Caderno de Debates da Nutrição-Unicamp (estou distribuindo cópias) e sou amigo de Fred, coordenador da SVB em São Carlos. Pedi teu contato porque talvez precise de ti um dia, Adriano Saran (coordenador em Ribeirão Preto) disse que podendo vais discutir os assuntos ligados à produção de carne se couber na tua agenda e pagarem a passagem. talvez precise no meio do ano, numa semana de meio ambiente que uma escola na minha cidade natal pretende organizar. Uma aluna vizinha minha ficou de tentar incluir o documentário "A carne é fraca", seguido de um debate, na programação.
> Fica em Assis-SP (raposo Travares Km 440).
>
> Mas estou escrevendo hoje para perguntar outra coisa. Vi uma reportagem domingo no Globo Rural sobre o Pirarucu, também estou acompanhando a série Amazônia: de Galvez a Chico Mendes, na Globo. Como ficariam as populações da bacia Amazônica sem os peixes para se alimentar? Parece que não tem outra coisa por lá, quase não tem horta, essas coisas. Nunca fui para lá e não conheço o cotidiano dessa gente, mas acho que ficaria difícil. Também acho que não maltrata muito o ambiente algumas famílias pescar o necessário para comer, desde que a população não seja muito grande e não haja venda de grandes quantidades para outros lugares.
> No caso do GLobo Rural o Ibama autorizou a pesca de 2600 pirarucus de mais de 1,5m em determinada região e fiscalizou direito. Será que era porque a Globo estava lá?
> Sou um cara com muita visibilidade, sempre todos ficam sabendo das posições que tomo e me questionam duramente. Preciso ter os fatos e argumentos na ponta da língua e me antecipar às perguntas sérias e às dos engraçadinhos também. Imagino que a melhor forma é perguntar para alguém que conheçe o modo de vida dquele local. Conheces alguém daquela região?
>
> Obrigado.


Oi Francisco:

Grato pelo contato. Ao contrário do que disse Adriano, eu não peço reembolso pela passagem, mas de fato meu trabalho exige de mim muitas horas, muitas vezes aos fins de semana. Mas se combinarmos com antecedência podemos ir para aí sim.

Sobre a questão da Amazônia, não é impossível o cultivo de hortas nesta região, mas de fato não faz parte da cultura dos habitantes locais consumir vegetais (quanto muito eles consomem poucos itens, tais como mandioca, feijão, milho, alface, tomate e cebola). Portanto, se eles não tem hortas é porque não tem interesse ou porque cultivar uma variedade maior de vegetais ainda não faz parte de sua cultura. Nada que não possa ser mudado.

Você escreveu "Também acho que não maltrata muito o ambiente algumas famílias pescar o necessário para comer, desde que a população não seja muito grande e não haja venda de grandes quantidades para outros lugares." - Francisco, não devemos comer peixes porque eles são animais sencientes capazes de sentir dor, fome, medo etc. Não é uma questão ambiental, apenas. Animais (e isto inclui os peixes) são sujeitos de uma vida, e cada um deles tem direitos individuais. Não é uma questão de o ambiente ser ou não impactado, a pesca significa a morte de animais e apenas por isso devemos nos opor a ela. Não importa o que o IBAMA diz, porque as leis são feitas pelos homens em benefícios dos homens. Não existem leis que de fato respeitem os animais em sua individualidade.

Quando escrevi o artigo foi para mostrar os impactos ambientais da pecuária, mas este não é o único motivo que deve nos tornar vegetarianos. Devemos considerar outras questões também.

abraços

Sérgio

Por favor Acessar ou Registrar para participar da conversa.

  • Página:
  • 1
Tempo para a criação da página:0.757 segundos
Somos Embaixadores da Happy Cow para Florianópolis SC


Embaixador
HappyCow.com

Somos filiados a:

   

Seja a mudança que você quer ver no mundo.

Mahatma Gandhi